in

Como se adaptar à volatilidade do mercado?

Continua após a publicidade..

Quando falamos de investimento, um conceito fundamental é a volatilidade do mercado. Faz parte dos critérios a serem analisados ​​na escolha das alternativas que compõem o portfólio e tem impacto significativo nos resultados obtidos.

Não entender como funciona essa oscilação pode levar a erros que podem levar a prejuízos financeiros. Portanto, é necessário entender como esse movimento ocorre para desenvolver uma forte estratégia de investimento.

Quer saber mais sobre volatilidade e aprender a lidar melhor com ela? Então continue lendo e veja as ótimas dicas!

O que é volatilidade do mercado?

A volatilidade representa a frequência e a intensidade das flutuações de preços em uma transação de investimento. Portanto, quanto mais volátil for um ativo, mais rápidas e violentas serão suas mudanças de preço.

Portanto, é importante observar que os investimentos mais voláteis podem sofrer grandes mudanças de preço em um curto período de tempo. Essa é uma variável que vai te dar uma ideia se um determinado investimento é adequado para o seu perfil.

Investimentos muito voláteis – como ações – podem ser mais sensíveis à volatilidade do mercado. Portanto, envolve maior risco de perda e, por outro lado, maior chance de oferecer maiores retornos.

A renda variável é geralmente mais volátil e é um fator importante para alcançar retornos mais elevados. No entanto, os títulos de renda fixa também apresentam esse tipo de volatilidade, embora em menor escala.

Como lidar com a volatilidade do mercado?

Depois de entender o que é volatilidade, você precisa desenvolver uma estratégia para lidar melhor com ela e usar seu potencial para alcançar os resultados desejados.

Veja dicas para se sair bem nessa tarefa!

Aprenda a medir a volatilidade

Para uma tomada de decisão consciente, é importante saber analisar a volatilidade de um ativo. Isso pode ser feito de diferentes maneiras, por exemplo:

Volatilidade Histórica – Inclui uma medida da volatilidade histórica do preço de um ativo e tendências observadas. No entanto, é preciso lembrar que resultados passados ​​não garantem o mesmo comportamento futuro;
Volatilidade implícita – preveja a volatilidade com base na volatilidade histórica e outros dados que afetam o investimento, como eventos políticos;
Volatilidade real — Registra a volatilidade real de um ativo como forma de revisar as previsões de volatilidade implícita. Posteriormente, tornou-se volatilidade histórica.

Analise o cenário racionalmente

Os investidores geralmente ficam chocados quando veem seus ativos despencar. Nesta situação de alta volatilidade, o que muitas pessoas fazem é economizar dinheiro e esperar parar as perdas. No entanto, esta atitude pode representar uma redução de capital.

Para evitar erros ao lidar com investimentos voláteis, é importante conhecer seu perfil de investidor e escolher investimentos com base nessas informações. Também vale a pena considerar seus objetivos e prazos.

A categorização de perfil ajuda a identificar relacionamentos com risco e permite que você faça escolhas mais informadas – evitando riscos desnecessários. Por exemplo, investidores mais iniciantes tendem a ser conservadores.

Nesse sentido, investir em ativos mais arriscados não é divertido. Se você quer abrir mão de um pouco de segurança para não baixar muito seus retornos, é recomendável que você busque mais conhecimento para desenvolver seu perfil e entender os investimentos mais voláteis.

Isso não significa ignorar os fatores de segurança. Afinal, uma análise cuidadosa é sempre necessária. Pense nisso: investidores mais conservadores com carteiras arrojadas são propensos a desconfortos e perdas maiores, certo? Por isso, é preciso atenção.

Portanto, a análise racional do investimento é muito importante. Certifique-se de considerar sua tolerância ao risco e procure aprender mais sobre os mercados financeiros. Dessa forma, será mais fácil analisar a volatilidade e determinar o momento mais adequado para alterar a carteira.

Procure se adaptar às mudanças

As mudanças no mundo dos investimentos são rápidas, e é preciso saber responder a essas mudanças. Alguns ativos são particularmente vulneráveis ​​a questões externas, como o ambiente político.

No entanto, é importante manter o foco em seus objetivos para que você não seja influenciado por essas mudanças. É necessária uma compreensão mais ampla do que realmente importa em sua estratégia financeira.

Essa cautela é importante, principalmente sabendo que os investimentos de longo prazo geralmente não são afetados por movimentos pontuais. Dessa forma, quando você olhar para o seu portfólio e ver alguns ativos se depreciarem, você não será afetado.

Ainda assim, algumas das mudanças no cenário econômico são duradouras. Nesses casos, pode ser necessário repensar seu portfólio para atingir seus objetivos. Pequenas mudanças têm o potencial de mitigar o risco sem pressa.

Não espere resultados rápidos

Quando se trata de investir, é importante pensar no longo prazo. O risco de renda variável exige que os ativos da carteira tenham um prazo maior para proporcionar melhores resultados. A longevidade é essencial, por exemplo, para a acumulação de juros compostos – juros sobre juros.

Para que o seu dinheiro trabalhe para você, ele tem que ter tempo para realizar essa função. Preste atenção especial à volatilidade. Se você tem um investimento de longo prazo e o observa se mover, verá altos e baixos durante esse período.

Mas eles tendem a diluir a longo prazo, reduzindo o risco de perda. Portanto, esperar pacientemente que o desempenho aconteça é um importante aliado para uma estratégia de equity mais sólida.

Adeque as estratégias aos seus objetivos

É importante notar que não existe uma receita ideal para investir com sucesso. Bons resultados são sobre seus objetivos e como você planeja alcançá-los. Por isso, é importante rever as estratégias e escolher a opção mais adequada para o que se deseja alcançar.

Com isso, as contribuições podem ser planejadas para atingir metas e ajustadas a necessidades específicas. Um bom plano se concentra na duração, liquidez e lucratividade necessárias de cada objetivo. Portanto, fica mais fácil escolher investimentos.

Saber se adaptar à volatilidade do mercado é fundamental para evitar erros que prejudiquem seus objetivos. Dessa forma, você precisa equilibrar suas necessidades com as alternativas disponíveis para obter o resultado desejado!

Continua após a publicidade..

Precisa de ajuda para criar um portfólio que atenda aos seus prazos e objetivos? A consultoria de investimentos pode ajudar.

Continua após a publicidade..

Fundos de capital protegido: Quais as vantagens?

Invista em PGBL e reduza o Imposto de Renda