in

Ex-funcionário do Banco Mundial, Rodrigo Chaves é eleito novo presidente da Costa Rica

Continua após a publicidade..

A Costa Rica elegeu o ex-funcionário do Banco Mundial e ex-ministro das Finanças Rodrigo Chávez como o novo presidente do país.
Com mais de 98% das pesquisas apuradas, Chávez obteve 52,8% dos votos, enquanto José Maria Figueres, que havia admitido a derrota no segundo turno, obteve 47,15%. A taxa de participação foi de apenas 57%, uma das mais baixas da história do país.

Chaves fez campanha dizendo que era o candidato da mudança.

Ele será realizado em maio e precisará realizar uma agenda no Congresso com outros partidos. O presidente – optou por renegociar o acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e disse que quer fortalecer as relações comerciais da Costa Rica com a região asiática. -Oceano Pacífico.

“Assumo um compromisso sagrado de construir um governo democrático baseado no respeito ao diálogo, à constituição, à lei e aos valores costarriquenhos”, disse Chávez em seu discurso após o anúncio dos resultados.
Doutor em economia pela Ohio State University, Chávez trabalhou no Banco Mundial por décadas antes de retornar à Costa Rica como ministro das Finanças.
Chávez foi acusado de assédio sexual e má conduta por ex-colegas do Banco Mundial. Ele recebeu uma multa administrativa da agência em 2019 e saiu pouco depois.

Continua após a publicidade..
Continua após a publicidade..

Petrobras pode pagar entre US$ 5 bi e US$ 10 bi em dividendos adicionais, diz Goldman Sachs

Ações do Twitter sobem mais de 25% após Elon Musk, da Tesla, assumir participação