in

Como Afiliados podem utilizar o google ADS para vender mais

Continua após a publicidade..

Saiba como o Google Ads funciona e como fazer campanhas para vender mais em seu programa de afiliados.
Discutimos o que é um afiliado (representante de vendas) e quais são as melhores práticas para o sucesso nesse mercado. Mas vale lembrar alguns pontos e trazer novas dicas, como usar o Google Ads como forma de impulsionar as vendas desses representantes.
Afinal, o membro faz uma “parceria” para vender determinados produtos, e toda vez que esses produtos são vendidos, uma comissão vai para seu bolso, mesmo que não seja ele quem desenvolveu o produto de consumo propriamente dito (como um curso online oferecido por outro especialista).

Quer saber como tudo funciona? Neste artigo, você aprenderá sobre:

O que é Google Ads;
Como funcionam os anúncios do Google Ads?;
Como trabalhar com o Google Ads?;
Quais são os tipos de afiliados?;
Boas práticas para quem trabalha com afiliados no Ads;
O percentual de lucro para os afiliados;
As vantagens de trabalhar com o Google Ads.

O que é o Google Ads?

Este conteúdo é um guia para afiliados e proprietários de produtos. O Google Ads é a própria plataforma de publicidade do Google.
Portanto, é possível criar anúncios para serem exibidos nas páginas de busca. Sem dúvida, podemos dizer que esta é uma boa estratégia para quem quer vender mais. Afinal, os usuários podem encontrar exatamente o que procuram ao pesquisar qualquer tipo de produto.

Como funcionam os anúncios do Google Ads?

Os anúncios do Google Ads criados em torno de palavras-chave e direcionados a públicos específicos aparecem nas páginas de resultados do Google (especificamente, na parte superior da tela) e na Rede de Display, um formato de anúncio com recursos visuais como imagens e vídeos que aparecem no site.

Além disso, os anúncios também podem aparecer em:

Google Play;
Google Shopping;
YouTube.
Na prática, funciona assim: Suponha que um usuário digite “tênis masculino” em uma pesquisa do Google. Quando ele clica em “OK”, ele vê anúncios de modelos, cores, tamanhos e marcas de tênis específicos. Ao clicar no link, você também será redirecionado para a página da loja virtual.

Como trabalhar com o Google Ads?

Agora que você entende o que é o Google Ads e como ele funciona, confira este guia passo a passo útil sobre como usar a ferramenta:
O primeiro passo é criar sua conta do Google Ads. Se você já usa um e-mail vinculado ao Gmail, não precisa se inscrever para uma conta.
Em seguida, é gerado um código HTML, que você deve copiar e colar no bloco da página fictícia.
Na terceira etapa, recomendamos que você leia com atenção todas as regras para criação de anúncios no Ads. Em seguida, defina sua estratégia como afiliados: objetivos específicos, espaço publicitário, informações, orçamento etc.
Vale a pena notar que a melhor coisa a fazer é sempre promover apenas produtos com os quais você realmente se identifica e gosta de trabalhar.

Quais são os tipos de afiliados?

Antes de discutirmos como os afiliados usam o Google Ads, precisamos lembrar em quais categorias eles podem se enquadrar, são elas:
profissional;
árbitro;
autoridade.
Os dois primeiros tendem a não aparecer tanto e a trabalhar com ferramentas mais tradicionais de anúncios. Já o último é aquele que utiliza da autoridade de já ter testado a estratégia para apoiar empresas.
Veja o vídeo abaixo para saber mais sobre os afiliados:

Boas práticas para quem trabalha com afiliados no Google Ads

A primeira dica para trabalhar com afiliados é criar seu próprio espaço para segmentar anúncios. Exemplo: crie uma página de destino para que seu anúncio direcione seu público para essa página. Dessa forma, você pode criar anúncios, configurar remarketing e rastrear usuários. Você pode direcioná-los para sua empresa/produto suportado.
As atividades não devem ser competitivas ou repetitivas. Por exemplo, o ideal é trabalhar na Rede de Display e no YouTube. Esta é a solução para trazer os usuários para esta página intermediária, que faz parte da sua estratégia.
Mas por que é interessante ter esse passo no meio? Com uma página de destino e suas tags de rastreamento, você pode saber se seu público a levou para o próximo nível. Além de ter em mãos os dados necessários para planejar os próximos passos da campanha e realizar trabalhos complementares para seus associados.
Vale ressaltar que esta landing page deve corresponder aos seus afiliados e estar alinhada e correta de acordo com as informações do principal produtor.

O percentual de lucro para os afiliados

A rentabilidade de uma afiliada depende em grande parte do tipo de negócio. Para produtos de informação, como cursos digitais, a margem de lucro por venda costuma ficar em torno de 20% a 30%. No caso do e-commerce, a receita é um pouco menor, não sendo possível dar maior rentabilidade aos afiliados.

As vantagens de trabalhar com o Google Ads

A plataforma de publicidade do Google tem várias vantagens para os vendedores em todos os nichos. A primeira delas é a possibilidade de promover o seu negócio, pois a atividade é mais visível. Vale lembrar que o Google é o mecanismo de busca dominante hoje.
Outro benefício é a possibilidade de alto grau de personalização dos anúncios, sendo tudo segmentado das seguintes formas:
palavras-chave;
horário;
localidade;
personas;
entre outros.

Isso torna sua campanha mais específica para o grupo x ou y de pessoas.

Além disso, o progresso da estratégia pode ser acompanhado para buscar novos insights. Outro ponto muito bom é a flexibilidade orçamentária. Veja quais são os melhores programas de afiliados para ganhar dinheiro.
Para desenvolver uma campanha de Google Ads eficaz, seja você um afiliado ou não, você deve investir em estratégias que realmente impactem os visitantes do seu site, fortaleçam sua marca e incentivem as conversões.

Continua após a publicidade..
Continua após a publicidade..

Porque SEO é um ótimo investimento, não um custo!

Unicórnios Brasileiros: Conheça 9 candidatas para o título