in

Como investir seu dinheiro pessoalmente

Continua após a publicidade..

Se você se deparou com este artigo se perguntando “como investir meu dinheiro”, deve ter se exposto a informações suficientes para saber que a resposta para essa pergunta não é tão simples assim, pois envolve uma série de aspectos e variáveis.

Por isso, neste conteúdo vamos mostrar o que você precisa saber para começar a investir com base no seu perfil. Quer aprender mais? Então continue lendo o post!

Onde o investimento tem uma renda mensal?

Quer saber como investir e lucrar todos os meses? Listamos quatro opções de negócios que podem te ajudar a melhorar seu fluxo de caixa. Verificar:

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um modelo de investimento em que os recursos são emprestados ao governo, em troca do qual o investidor recebe um retorno. Aliás, esse é um recurso simples e útil, já que o investimento inicial pode ser de 50 reais.

Há também títulos do Tesouro que pagam uma remuneração fixa ou semestral vinculada ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que mede a variação dos preços dos bens de consumo.

Portanto, ambas as formas têm grande valor para os investidores, mas são adequadas para diferentes ocasiões.

Os investimentos prefixados são mais interessantes em períodos de juros em queda, pois garantem taxas de juros futuras superiores às praticadas no mercado.

Por outro lado, os investimentos relacionados ao IPCA permitem que as moedas subam com a inflação sem se desvalorizar com a alta dos preços.

Porém, independentemente da modalidade, ao pagar juros semestrais, a modalidade prefixada e a vinculada ao IPCA garantem ao investidor o recebimento regular do benefício da aplicação, tornando-se assim uma fonte regular de renda.

Vale ressaltar que o benefício de tal aplicação é menor do que o de receber todos os recursos no vencimento, pois o valor acumulado será reduzido a cada semestral de juros recebidos.

Ações que pagam dividendos

As ações pagadoras de dividendos são aquelas pertencentes a empresas de capital aberto e que apresentam retorno de lucro em seus resultados.

Estes ativos podem trazer retornos mensais, semestrais, anuais ou em outro período conforme acordo estabelecido entre as diversas empresas.

Quedas frequentes nas taxas fazem as pessoas olharem para a renda variável sob uma luz diferente. Aliás, este é um momento oportuno, pois muitas empresas estão entrando na bolsa para pagar seus dividendos.

Mas a decisão de investir em uma empresa não deve se basear apenas na possibilidade de pagar dividendos, é importante fazer uma análise financeira da empresa e analisar indicadores financeiros como lucro líquido, receita, margem EBITDA, endividamento, etc.

Fundos imobiliários que pagam dividendos

Um fundo imobiliário (FII) é uma excelente opção de investimento para renda mensal. Nesse modelo, os investidores podem entrar no mercado imobiliário sem adquirir ativos físicos.

Existem dois tipos de fundos:

Brick Bottom: Propriedades físicas, como shoppings, apartamentos e shopping centers. Nesse caso, a receita é proveniente do aluguel do imóvel;
Bill Funds: recebíveis imobiliários para esses itens. Aqui estão os títulos negociados em nome dos imóveis, ou seja, estão vendidos, mas não estão prontos e o comprador continua pagando as parcelas.

Os investidores podem, portanto, lucrar de duas maneiras: recebendo um rendimento de dividendos (uma medida do retorno sobre o pagamento de dividendos) e valorizando o valor das cotas do fundo.

Por fim, para se beneficiar de investidores institucionais estrangeiros, a escolha de um bom fundo é fundamental. Para isso, olhar para a qualidade do imóvel, inadimplência de recebíveis e vacância de fundos são critérios muito valiosos.

Pensão privada

Uma previdência privada é outra forma de ganhar uma renda mensal. Esse investimento de longo prazo é utilizado para complementar a previdência pública, no caso o INSS.

Na prática, aplica-se um valor inicial, com contribuições regulares ao longo de muitos anos. Com o tempo, os fundos investidos começam a gerar receita e você pode resgatá-los a qualquer momento.

Para ter uma visão mais clara dos tipos de investimentos, veja as principais características de cada um:

Como investir e lucrar todo mês?

Neste tópico, listamos algumas dicas importantes para você entender melhor como investir e obter alta rentabilidade mensal, seja para investidores iniciantes ou experientes.

1. Crie um plano objetivo e claro

Para investir da maneira certa, é preciso construir uma vida financeira saudável, e o primeiro passo para isso é quitar as dívidas, se houver.

Outra sugestão é fazer uma reserva de contingência caso precise, e deixar uma parte para investimento no final.

Nesse sentido, é importante ter clareza sobre o que se pretende alcançar. Quer poupar para a aposentadoria? Economizar dinheiro para comprar uma casa? Embarcar em uma viagem dos sonhos?

Defina-os para que você possa decidir qual tipo de investimento aplicar.

Assim, com objetivos claros, você consegue alinhá-los ao seu perfil de investidor e horizonte de investimento.

2. Defina seu perfil de investidor

Conheça o seu perfil de investidor, que corresponde à tolerância ao risco do seu investimento. Você pode se classificar como conservador, moderado e ousado (mais propenso a assumir riscos e lidar com a volatilidade do mercado).

Mas lembre-se, você não precisa seguir o mesmo perfil de investidor a vida inteira. Por um lado, você pode preferir lidar com investimentos mais arriscados, por outro lado, pode preferir e lidar com investimentos mais frágeis, que podem gerar pouco lucro, mas não são afetados pelas flutuações do mercado.

Uma forma de definir seu perfil de investidor é respondendo a um questionário simples que você pode utilizar ao abrir uma conta em uma corretora de valores.

3. Abra uma conta em uma corretora

Os corretores de valores desempenham um papel fundamental em ajudar os investidores a investir com segurança. Portanto, é necessário abrir uma conta em uma corretora para que você possa acessar os tipos de aplicações financeiras disponíveis no mercado.

Graças à tecnologia, as contas podem ser abertas e os fundos podem ser transferidos remotamente sem visitar uma corretora física. Além disso, as corretoras modernas não cobram taxa de corretagem para a maioria dos aplicativos, como Clear e XP Investimentos, e contam com profissionais qualificados para dar suporte ao investidor quando ele precisar.

4. Entenda o horizonte de investimento

O prazo do investimento, ou seja, curto, médio ou longo prazo, também é um fator importante para saber onde investir para ter uma renda mensal.

Por exemplo, investimentos como o Tesouro Direto podem ser pré-determinados antes da assinatura de um contrato.

Em outros casos, os investimentos podem ser vitalícios, como ações em bolsa, BDRs e ETFs.

Vimos na Dica 1 a importância de conhecer os prazos de investimento. Quando você tem objetivos claros, sabe quais são os riscos para os prazos que os aplicativos devem cumprir com seus objetivos e se alinhar com os níveis.

Se você está gostando desse post, também vai gostar desse: Como proteger sua renda pessoal através de seguros

5. Descubra a relação risco x recompensa

Para começar a investir e obter retornos mensais, você precisa entender o que significa a relação entre risco e retorno.

Alguns investimentos não vão render bons resultados, mas isso não quer dizer que sejam ruins, apenas não correspondem aos seus objetivos no momento. Isso sugere que quanto maior o retorno esperado de um investimento, maior o risco.

6. Planeje sua carteira de investimentos

Ao montar um portfólio, é aconselhável prescrever alocações macro e micro.

A macro alocação refere-se à definição do percentual de patrimônio em cada segmento (renda fixa ou variável) com base em elementos previamente determinados, como perfil e objetivos do investidor.

Em uma microalocação, você pode escolher os títulos que deseja comprar, como Tesouro Direto, BDR, fundos de investimento, etc.

É melhor “ver” seu portfólio antes de investir para evitar agir impulsivamente ou tomar decisões que possam ter consequências negativas.

Conforme enfatizado ao longo deste artigo, é algo que você ficará grato por fazer no futuro ou se arrependerá de ter guardado para mais tarde.

Dessa forma, não espere as condições ideais para começar. Use uma planilha ou um aplicativo de controle financeiro como o Sublime Finanças Manager para organizar seu orçamento e fazer os cortes necessários para destinar uma parte do orçamento às suas reservas financeiras.

Continua após a publicidade..

Gostou do post? Então compartilha nas redes sociais e assina nossa newsletter para receber os melhores conteúdos sobre gestão e tecnologia na caixa de entrada do seu e-mail.

Post desenvolvido por : Redação da Sublime Finanças

Continua após a publicidade..

Como proteger sua renda pessoal através de seguros

Como aumentar sua poupança pessoal