in

O que é e como funciona o pagamento de dividendos?

Continua após a publicidade..

Ganhar renda passiva de investimentos é o objetivo de muitos investidores. Ter um acúmulo significativo de conhecimento do programa, como alternativas de mercado. Nesse sentido, entender como os dividendos são pagos pode permitir que você tome melhores decisões para o seu portfólio.

Afinal, é um dos indicadores básicos que podem ser utilizados na hora de analisar as oportunidades disponíveis no mercado financeiro. Dessa forma, você pode entender melhor as vantagens do seu investimento e compará-lo com alternativas com características semelhantes.

Gostaria de conhecer essa métrica e utilizá-la no seu planejamento de investimentos? Neste artigo, nós da Sublime Finanças explicamos o que é pagamento de dividendos, como funciona e como você pode aplicá-lo em sua estratégia.

Esperar é o que se considera até que os dividendos sejam conhecidos. Assim, você saberá quais indicadores focar como pontos fortes para utilização financeira nas empresas que comprovaram durante sua pesquisa.

Os investidores de uma empresa representam uma parcela do patrimônio que será distribuído entre seus investidores. As transferências são feitas em dinheiro e ficam disponíveis na sua conta junto à sua corretora.

Os pagamentos a cada investidor serão proporcionais ao seu nível de participação. As trocas comerciais também são obrigatórias, como empresas diretas no caso de títulos lucrativos. No entanto, a frequência e a parcela das transferências podem variar de acordo com a estratégia da instituição.

Quais são os principais investimentos pagos?

Agora que você já sabe o que é atrativo, é interessante entender os mercados que fazem essas transferências. Portanto, você escolherá aquelas que são mais estratégicas para o seu portfólio.

Ação

Como as ações fazem parte do capital social da empresa, negociar esses negócios desde o início da empresa resulta na abertura de seu capital. A partir desse processo, as ações da empresa passam a ser negociadas na bolsa de valores.
Ao comprar ações, você se torna um acionista da empresa. Dessa forma, você entenderá os resultados dos negócios, sejam eles positivos ou negativos.

Os principais tipos de ações que você possui são as duas bolsas de valores brasileiras (B3). A primeira é normal (ON), geralmente identificada pelo número 3 no final. Essas funções garantem o direito de voto nas assembleias de acionistas.

O segundo tipo é a ação preferencial (PN). Eles garantem prioridade verificada porque não fornecem proteção. Essas funções podem ser identificadas observando o número 4 no código da transação. Os movimentos PN que terminam em 5, 6, 7 ou 8 também podem ser lançados.

Assim como você, no mercado, as empresas têm autonomia sobre as regras tributárias brasileiras em seus estatutos. Além disso, como a empresa opta por utilizar esse valor em suas operações, reinvestindo o valor ao invés de repassá-lo aos acionistas.

Investidores

Um fundo imobiliário ou FII é um tipo de fundo de investimento relacionado ao mercado imobiliário brasileiro. As ações desses veículos coletivos são negociadas em bolsa e facilitam o acesso a esse setor da economia.

A carteira de um fundo imobiliário pode ser composta por projetos físicos, como apartamentos residenciais. Também pode fornecer títulos relacionados ao mercado imobiliário, como certificados de recebíveis imobiliários (CRI). Além disso, existem fundos que investem em ações de outros investidores institucionais estrangeiros.

Ao contrário de outros fundos do mercado, diferentes fundos se destacam como fundos de linha de pagamento. A decisão foi que eles devem distribuir pelo menos 95% do lucro líquido semestral aos cotistas do fundo.

No entanto, as transferências também são possíveis. São aqueles que lucram com o aluguel de imóveis.

BDR

Os Brazilian Depository Receipts (BDRs) também existem em grande número. Representam certificados de depósito e as transações são realizadas na B3.

O BDR é composto por certificados lastreados em investimentos internacionais. Esse lastro pode ser acionado como ações de empresas estrangeiras, cotas de fundos negociados em bolsa (ETFs) ou mesmo títulos de renda fixa de outros países.

Dessa forma, o BDR pode oferecer uma oportunidade mais prática de internacionalizar seu portfólio. Isso porque, além de serem feitas na B3, as doações também são feitas em reais.

Portanto, quando nosso número ativo internacional passar, o último será confirmado como o valor do último certificado. Além disso, nos EUA, os ETFs podem fazer essa alocação. O mesmo vale para renda passiva por meio de possíveis certificados de ações ou fundos de índice.

O que é um dividendo?

Assim como você, várias opções estão disponíveis no mercado brasileiro para uma estratégia de concentração. Escolha mais análises para o seu portfólio, a Pesquisa Financeira pode ajudá-lo a comparar.

O pagamento de dividendos (DP) é uma delas. Mostra, em percentual, o valor que uma instituição repassa aos investidores a partir de seu lucro líquido em um determinado período (normalmente 12 meses).

Isso permite que você descubra que você ou o fundo pode ser considerado um bom pagador para a empresa analisar. Quanto maior a porcentagem, maior a distribuição de lucro atual.

Como funciona?

Agora que você entende o pagamento de dividendos, sabe como funciona. Nesse sentido, a fórmula para calculá-lo é a seguinte:

DP = Dividendos pagos no ano anterior / Lucro líquido do período corrente

Do jeito que você gosta, como uma companhia aberta no Brasil define seu afretamento ou percentual de alocação de propriedade. Dessa forma, quando esse número for alto, a empresa pode se destacar na análise de investidores com foco em ter um fluxo de receita.

O mesmo vale para sua análise de fundos imobiliários. Portanto, este indicador pode ajudá-lo a fazer melhores escolhas de investimento.

Como os rendimentos dos dividendos diferem?

Os pagamentos de dividendos são o único indicador financeiro e o foco não é importante. Além disso, você também pode utilizar o dividend yield (DY) em suas estratégias de mercado financeiro.

Pagamentos de dividendos, DY compara os valores de diferentes períodos com cotações de ativos de 12 meses. A fórmula é dada por:

DY = Dividendos pagos / ação ou preço da ação nos últimos 12 meses

Assim, enquanto o DP mostra a alocação de uma instituição em percentual, o DY pode mostrar o retorno sobre o investimento. Alternativas estratégicas que podem ser usadas para determinar os pagamentos adequados.

É importante ressaltar, porém, que na renda variável, o preço cotado do ativo está em constante flutuação. Como resultado, os rendimentos de dividendos podem ser distorcidos durante os períodos de depreciação dos preços.

O que é um bom pagamento de dividendos?

Até agora, você viu a importância do DP – como ele difere do DY. Dessa forma, você pode ter uma ideia de quanto é um bom pagamento de dividendos.

Para obter a resposta, é preciso considerar que indicadores fundamentais como o DP não podem ser usados ​​isoladamente. Isso acontece porque usar apenas um deles pode levar a decisões ruins.

Por exemplo, suponha que você descubra que uma empresa distribuiu mais de 70% de seus lucros aos acionistas no ano passado. Apesar de alto, é preciso ter cuidado com esse número.

Pode haver um “teto” no crescimento da empresa. Dito isso, a administração não tem encontrado novas alternativas de desenvolvimento e seus investimentos podem se valorizar menos.

Além disso, muitas empresas fazem transferências mais altas para novos acionistas. No entanto, essas capacidades podem exceder sua capacidade de gerar e futura – como aquisição financeira de dívida.

Portanto, não existe um método de pagamento ideal. Mas você também pode usá-lo para comparar instituições (empresas ou FIIs) que atuam em qualquer segmento de mercado, pois enfrentam oportunidades e riscos semelhantes. Dessa forma, você poderá encontrar os que são mais fáceis de encontrar para sua estratégia.

Qual a importância desse indicador para quem quer viver de renda?

A independência financeira é um objetivo comum a muitos investidores no mercado financeiro. Afinal, o conceito refere-se ao tempo que sua fonte de renda passiva é capaz de atender às suas despesas diárias.

Portanto, se o seu objetivo é viver de renda, o pagamento de dividendos é uma métrica relevante para o seu planejamento. Isso acontece porque permite encontrar altas passadas e FIIs que repassaram lucros.

Mas é preciso ressaltar que na renda variável, os resultados são usados ​​para análise e resultados, mas não são garantias de rentabilidade futura.

Continua após a publicidade..

Além disso, como você deve ajustar os pagamentos de dividendos para outros equipamentos básicos. Com isso, você terá uma visão mais clara da saúde financeira da empresa ou fundo.

Como você pode esperar, saber o que é um pagamento de dividendos ajuda a tomar melhores decisões nos mercados financeiros, especialmente nas bolsas de valores. Afinal, mostra que eles podem determinar quais investimentos são considerados bons pagadores. Quer aprender como alcançar a independência financeira com renda passiva?
Conheça nosso guia e aprenda a vivê-lo de verdade!

Continua após a publicidade..

Turbo e ordem limitada: o que é e como funciona?

3 Índices de inflação que vale a pena conhecer