in

Posicionamento Estratégico: O que é e quais são os principais tipos?

Continua após a publicidade..

Conheça a importância do posicionamento estratégico e alguns exemplos que definem como uma marca se apresenta.

Quando você pensa em marcas como Netflix, Disney, Ferrari e Apple, que palavras vêm à mente? Estas empresas têm uma coisa em comum: todas têm um posicionamento estratégico que as diferencia, seja pelo valor acrescentado, pelas soluções oferecidas, pelos preços competitivos ou pela forma como comunicam com os consumidores.

O posicionamento estratégico da empresa é fundamental, pois é a forma como o público o aceita. Existem diferentes tipos de posicionamento, cada um servindo aos objetivos da marca.

Continue a ler para saber mais!

O que é posicionamento estratégico?

O posicionamento estratégico é como uma empresa quer ser vista e lembrada pelo público, destacando-se no mercado pela imagem que transmite aos consumidores. Para fazer isso, as marcas devem ter uma compreensão profunda de seu público-alvo e sua diferenciação.

Definir o posicionamento é importante porque todas as ações de marketing e comunicação são baseadas nele. Por exemplo, uma marca de cosméticos que não testa em animais pode ter um posicionamento estratégico mais sustentável, consciente e livre de crueldade e, como resultado, atinge principalmente públicos veganos e vegetarianos.

Outras empresas são reconhecidas por outros termos, tais como:

a mais popular;
tradicional;
moderna,
tecnológica;
acessível;
elegante/de luxo;
inovadora;
entre outras.

Seja qual for o posicionamento, ele tem que ser o que a empresa está praticando, ou seja, ações e produtos não podem contrariar o posicionamento adotado.

Tomemos novamente o exemplo de uma marca sustentável: se na teoria ela se preocupa com o meio ambiente, mas na prática joga seus resíduos nos rios, por exemplo, vai totalmente contra a sua pretensa imagem. A empresa não só perdeu sua credibilidade, como também perdeu seus consumidores.

Tipos de posicionamento estratégico
Posicionamento estratégico exemplos

Como mencionado anteriormente, existem diferentes tipos de posicionamento estratégico. Para criar um plano de mídia eficaz e que reflita a imagem que a empresa deseja transmitir, a agência ou profissional responsável pela criação precisa fazer uma pesquisa profunda sobre o público-alvo.

Veja a seguir alguns dos principais tipos de posicionamento:

Preço

As políticas podem ser baseadas no preço que os clientes pagam por um produto ou serviço. Esse posicionamento exige esforços de branding bem elaborados que agreguem valor ao produto e mantenham as pessoas interessadas e comprando-o.

É o caso, por exemplo, de roupas e acessórios de marcas como Louis Vuitton, Dior, Prada etc. Costumam ser muito mais caras que outras marcas, mas seus preços estão atrelados ao luxo, elegância e sofisticação que representam.

O contrário também é verdadeiro: marcas conhecidas por preços mais acessíveis e baratos.

Fator diferencial

Esse tipo de posicionamento estratégico exige características específicas da marca que a destacam no mercado. Para fazer isso, eles devem se esforçar para fazer o que fazem de melhor.

Um exemplo é a Apple, entre as muitas marcas de smartphones, o que torna o iPhone único? O que fez a empresa conquistar tantos clientes? Sua segmentação é definitivamente parte disso.

Com base no benefício oferecido

Também é comum que as empresas se posicionem estrategicamente com base nos benefícios oferecidos. Nesses casos, a gestão da marca se concentra nos resultados que os clientes obterão ao usar um determinado produto ou serviço.

Por exemplo, a Natura tem um posicionamento claro de que seus cosméticos trazem benefícios aos consumidores, enquanto a marca busca proteger o meio ambiente, usar embalagens menos poluentes e outros fatores que protejam a natureza.

Monopolização de mercado

O posicionamento estratégico baseado em um segmento de monopólio ocorre quando uma empresa domina intencionalmente ou não o setor em que está inserida, ou seja, é a única empresa que fornece determinado produto ou serviço. Um exemplo de monopólio é a Petrobras.

Continua após a publicidade..

Esse posicionamento também pode ser utilizado de outras formas, por exemplo, quando uma marca é uma segunda escolha. A Coca-Cola é conhecida como a número um quando se trata de refrigerantes à base de cola, e a concorrente direta Pepsi é sempre uma alternativa. Reconhecendo esse lugar, o posicionamento da Pepsi foi “Existe a Pepsi. É possível?” Foi um enorme sucesso e trouxe resultados para a empresa.

Continua após a publicidade..

Como fazer reuniões comerciais mais produtivas?

Porque SEO é um ótimo investimento, não um custo!