in

Qual é o investimento atual mais seguro? Há um, e ele está rendendo bem.

Continua após a publicidade..

Muitos especialistas acreditam que o Tesouro Direto é o investimento mais seguro. Ao investir no Tesouro Direto, você está comprando títulos do governo, que está emprestando seu dinheiro para o governo federal. Assim como você pede dinheiro emprestado a um banco, na data combinada, o governo devolverá seu dinheiro com juros.

Apesar de não ser coberto pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que garante aos investidores até R$ 250 mil em caso de falência de uma instituição financeira, o Tesouro Direto é seguro, pois há pouquíssima chance de falência do governo, muito menor , por exemplo, a falência de uma instituição financeira ou empresa.
Em 2002, quando foi criado o Tesouro Direto, por meio de uma parceria entre o Tesouro Nacional e a B3, o objetivo era democratizar o acesso a títulos públicos por pessoas físicas, permitindo investimentos pela Internet a partir de R$ 30.

Qual investimento rende mais hoje?

Para escolher o investimento mais rentável para você hoje, é preciso considerar alguns fatores importantes, como o tempo disponível para aplicar.
Quanto mais tempo seu dinheiro for investido, mais ele retornará devido à composição. Também conhecidas como taxas de juros, são responsáveis ​​por aumentar a rentabilidade de um investimento. Por exemplo, se você investir 10.000 reais em um ativo com rendimento mensal de 0,5%, no mês seguinte, terá 10.050 reais; no segundo mês, serão cobrados 0,5% de juros sobre o novo valor, gera 50,25 reais de 50 reais como foi a primeira vez.
A necessidade de liquidez, ou seja, a facilidade de conversão de investimentos em caixa, também precisa ser considerada. Se você tem um investimento que vence em 5 anos, mas precisa do dinheiro agora, terá que abrir mão do retorno esperado original.
Seu conhecimento de investimento e perfil de investidor também precisarão ser considerados para poder fazer a melhor escolha entre opções como renda fixa, ações e fundos de investimento.

Vale notar que economizar hoje não é uma pechincha, com a Selic na mínima histórica de 2%. Em 2020, a poupança rendeu 2,11%, mas com a inflação em 4,52%, o dinheiro investido perdeu poder de compra. A receita da poupança está atrelada à taxa Selic. Quando a taxa de referência está abaixo de 8,5%, o rendimento da poupança é de 70% do índice. Se a taxa de juros for superior a 8,5%, a caderneta de poupança paga um valor fixo de 0,5% ao mês mais a taxa referencial TR.

Qual investimento rende 1% ao mês?

Atualmente, não existem aplicações de renda fixa que pagam 1% ao mês com taxa básica de 2%. Para realizar esse ganho, é preciso investir em opções mais ousadas, como ações.
Para reduzir o risco de perder dinheiro, especialistas dizem que o portfólio é muito diversificado. Portanto, se um dos aplicativos apresentar desempenho inferior, os outros aplicativos podem compensar a perda. Por exemplo, você pode colocar 90% de sua economia em renda fixa e 10% em investimentos mais arriscados e com bons rendimentos, resultando em 1% ao mês.

Qual o melhor tipo de investimento para iniciantes?

Para quem está começando a investir, a melhor opção é começar com renda fixa. Em poucas palavras, o investimento de renda fixa é um investimento em que um investidor empresta recursos para uma instituição financeira (CDB) ou governo (Treasury Direct) e recebe de volta com juros após um período de tempo.

A principal vantagem é que você sabe a rentabilidade que terá ao se inscrever.

Pode ser pré-determinado, quando se sabe o percentual a ser ajustado antecipadamente, ou pós-fixado, quando a rentabilidade está atrelada a algum índice, como o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) usado para medir a inflação.
As opções de renda fixa incluem CDB (Certificado de Depósito Bancário); LCI (Carta de Crédito de Garantia); LCA (Carta de Crédito do Agronegócio); e Tesouraria Direta. Usando a ferramenta ComparaBem, você pode examinar as diferentes opções de CBD e escolher a que for mais vantajosa para você.

Qual melhor investimento para 2.000 reais?

A escolha do melhor investimento para fornecer os 2.000 reais dependerá de como o dinheiro será usado no futuro. Por exemplo, se você ainda não tem um fundo de emergência, esse valor pode ser um bom começo. Idealmente, sua reserva de emergência deve ser igual a pelo menos 6 meses de suas despesas básicas. O dinheiro precisa estar em um investimento que tenha liquidez diária, ou seja, que possa ser sacado quando necessário. Nesse caso, as melhores opções são a Tesouraria Selic, que é reajustada diariamente com base na taxa básica, e um CDB com liquidez diária e taxa de retorno de pelo menos 100% do CDI.
Se você já possui uma reserva para contingências e deseja economizar R$ 2.000 para o futuro, pode optar por uma tesouraria direta vinculada ao IPCA. Existem algumas opções válidas até 2055.

Onde investir após pandemia?

O investimento ideal depende muito do perfil do investidor e de seus objetivos de investimento. Em tempos de crise, é sempre melhor a longo prazo. Tomar alguma ação movido pela emoção de ver um investimento se desvalorizar não é o mais adequado. Tenha paciência e calma.
Se você tem um perfil mais ousado, vale a pena investir na ação. Devido à pandemia, ainda é possível encontrar empresas com preços abaixo do seu valor.
Escolha papéis de empresas confiáveis. Para os menos interessados ​​em acompanhar o mercado, uma opção é optar por fundos de ações, onde os gestores profissionais escolhem os ativos.
Os fundos imobiliários também se destacaram pela queda da taxa Selic. Nesse caso, cada cotista tem uma parcela dos recursos aplicados em imóveis, como prédios comerciais ou shopping centers, e recebe a receita do fundo.
Outra ótima dica que sempre funciona é diversificar seu portfólio. Mesmo quem tem personalidade conservadora pode colocar parte de seu dinheiro na renda variável, enquanto os mais audaciosos precisarão reservar pelo menos um percentual de sua renda fixa. Essa diversificação garante mais segurança para seus ativos.

Continua após a publicidade..
Continua após a publicidade..

IR 2022: Veja como usar seu IR como doação.

Como descobrir se seu nome está sujo? E como limpar!